não fique na mão da rede social

Não fique na mão da rede social

13-06-2017 Posted by Marketing de Conteúdo 0 thoughts on “Não fique na mão da rede social”

Hoje em dia todo mundo tem um site, mas é muito comum esse ser apenas um ambiente institucional. A maioria dos gestores de comunicação e marketing de micro, pequenas e até médias empresas, prefere dedicar tempo produzindo conteúdos para redes sociais, supostamente falando com o seu público-alvo.

Se você tem um site apenas institucional ou que funciona como um catálogo dos seus produtos/serviços mas não tem uma atualização de conteúdo constante nem especializada, está perdendo grandes oportunidades de conversão e vendas. E aqui vai o alerta mais importante: não fique na mãe da rede social.

A indexação do conteúdo e os buscadores

Você sabia que 70% das pessoas começam a navegação a partir de um mecanismo de busca? Você sabia que mesmo que haja uma configuração para o conteúdo da fanpage da sua empresa ser achado pelo Google, ele nunca trará seus melhores resultados?

Há aqui uma “guerra” entre os poderosos da internet: Google não quer levar tráfego para o Facebook e este, por sua vez, não faz questão de ser amigável nos resultados de busca. Tio Markinho quer que a gente MORRA dentro das suas redes sociais, curtindo, compartilhando e buscando coisas mas sem ser muito amigável.

não fique na mão da rede social

Mudando as regras

Além disso, o Facebook muda as regras o tempo todo. O alcance das publicações em fanpages diminui constantemente para fomentar o business: anúncios e publicações impulsionadas. Atualmente uma publicação pode atingir de 3 a 11%, ou seja, quase nada se não houver mídia paga envolvida.

Alguém pode dizer: ah! mas o Google também muda o algoritmo e as regras. Sim, é verdade, mas as mudanças são sempre em função da relevância real do conteúdo nas páginas de resultados. Ele não quer ser manipulado, ele quer entregar para o usuário o melhor conteúdo para o que foi buscado.

Imagine só que você tem 80% da sua audiência advinda de redes sociais. A princípio pode parecer que você tem muito tráfego porém sua audiência está muito sensível às mudanças das regras nas redes sociais – que focam sempre o próprio business.

Inverta o jogo

Não fique na mão da rede social, na dependência de tráfego e audiência. A regra é clara: bom conteúdo tem boa posição no ranking do Google e de outros buscadores.

Desenvolva uma estratégia de conteúdo, tenha uma calendário editorial e pautas definidas, saiba quem é seu público e se comunique diretamente com ele, escrevendo sobre o que ele procura e precisa! Assim você aumenta as referências/links sobre seu material, além do engajamento com shares e comentários nas redes sociais.

Sim! Você vai usar as redes sociais, mas não como repositório de conteúdo, como ferramenta de divulgação COMPLEMENTAR e sua audiência vai aumentar com o tráfego advindo dos resultados orgânicos dos grandes buscadores.



Helena Sordili

Atua na área de design há quase 20 anos. Há 15 anos desenvolve projetos de design digital como sócia da Carranca Design, onde trabalha na direção de arte e atendimento aos clientes.

[yuzo_related]
Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quero Receber as Novidades do Blog